Notícias UNIPAC

UNIPAC/FUPAC faz conscientização do Novembro Azul

O UNIPAC/FUPAC em apoio à campanha Nacional Novembro Azul, que surgiu com o propósito de conscientizar os homens quanto à importância e prevenção do câncer de próstata, transcreve a seguir um texto adaptado pelo Médico do Trabalho Dr. Leonardo Gomes Cosenza.

O PSA é uma proteína produzida pela próstata, denominada antígeno prostático específico, dosada no sangue como   método de rotina para o rastreamento de câncer de próstata, embora valores alterados  do  PSA,  podem ser devido a Hiperplasia Prostática Benigna  (HPB), que representa apenas um aumento do volume da próstata, ou devido a uma infecção – Prostatite. Entre outros fatores que podem modificar o PSA incluem atividade sexual recente e traumas simples por andar por longos períodos de bicicleta, motocicleta ou a cavalo.

O câncer de próstata pode ser assintomático e se desenvolver lentamente, entretanto o risco de metástase é temeroso, por isso o diagnóstico deve ser precoce.

Indicações do PSA

O PSA é solicitado para que seja avaliada as condições da glândula, já que doenças naturais como hiperplasia benigna da próstata ocorrem invariavelmente pelo envelhecimento do homem.

Há uma relação direta com a genética familiar, hábitos de vida, alimentos consumidos ao longo da vida, etc. e o PSA é útil para avaliar a saúde da próstata e é um dos marcadores de câncer de próstata.

O exame é solicitado para diagnóstico, estadiamento e prognóstico do câncer de próstata, ou seja, avaliar a extensão da doença no organismo, como vai evoluir o paciente com o tratamento, monitorar a resposta do tratamento, detectar a recidiva.

O PSA deve ser realizado em:

– Homens com mais de 50 anos que estão em risco médio de câncer de próstata e com esperança de vida de pelo menos mais 10 anos.

– Homens com idade 45 nos com alto risco de desenvolver câncer de próstata: Afro-americanos e homens que têm um parente de 1º grau (pai, irmão ou filho) diagnosticados com a doença com menos de 65 anos de idade

Homens com 40 anos em risco mais elevado, ou seja, aqueles com mais de um parente de 1º grau que tiveram câncer de próstata antes dos 65 anos.

Recomendações para coleta de sangue do exame PSA

O ideal é jejum mínimo de 3 horas, não ter ejaculado nas últimas 48 horas, nem ter andado de motocicleta, bicicleta ou a cavalo nos dois dias que antecederem a coleta.