Notícias UNIPAC

UNIPAC Abraça promove ações em várias escolas de Conselheiro Lafaiete

Várias escolas estaduais e particulares estão participando do ciclo de palestras do Projeto “UNIPAC ABRAÇA”. Os alunos do 3° ano do ensino médio são envolvidos na conversa sobre “Orientação Profissional”, “Bullying, Sexualidade e Drogas” e “Valorização à Vida”, ministrada pela coordenadora do curso de Psicologia da UNIPAC Lafaiete, professora Aline Gomes Martins e também pelos alunos do curso. As escolas que já receberam o projeto foram: Colégio Potência, Escola Estadual Luiz de Mello Vianna Sobrinho, Escola Estadual Professora Maria Augusta Noronha, Escola Estadual Moacir de Souza Dias, Escola Estadual Monsenhor José Ferreira, Escola Estadual Pacífico Vieira, Escola Estadual Astor Viana e Colégio Queluz de Minas. Mais de 300 estudantes participaram do projeto.

Segundo a professora Aline Martins, “o UNIPAC Abraça vem apresentando à comunidade escolar de Conselheiro Lafaiete a oportunidade de obter informações relacionadas à escolha profissional, considerando a importância desse momento vivido pelos alunos do terceiro ano. As intervenções nas escolas têm como objetivo ofertar ao aluno um espaço de reflexão sobre todas as variáveis que perpassam o processo de escolha profissional, contribuindo para a tomada de consciência sobre uma opção responsável. O momento de definição da profissão a ser seguida deve ser vivido com responsabilidade, haja visto que afetará diretamente no sucesso profissional e realização pessoal. Os estudantes que estão participando das intervenções têm se mostrado envolvidos e interessados no processo, sempre apresentando suas dúvidas e anseios. A articulação entre comunidade e universidade representa nosso compromisso social para com a população, sobretudo os estudantes”, explicou a professora.

O UNIPAC Abraça é um projeto inovador, realizado pela UNIPAC/FUPAC, que leva aos alunos do 3º ano do ensino médio várias palestras relevantes à vida profissional e para a convivência dos jovens perante a sociedade. Até o mês de novembro serão oferecidos aos estudantes discussões sobre vários temas, a serem abordados nas escolas públicas e particulares, parceiras da Instituição.