Sistemas para Internet

Excelência na formação de profissionais preparados para o mercado

Nos dias atuais, percebemos os desdobramentos de uma revolução que começou recentemente na área da comunicação. No princípio, a ideia era conectar computadores situados em lugares remotos, de forma a possibilitar a comunicação ainda que algum dos pontos fosse retirado. Esse movimento acontecia na década de 1960, no período da Guerra Fria. Naquela época, não se tinha a dimensão da revolução em curso. Nas décadas posteriores, a rede física criada por militares americanos extrapolaria as bases do exército e passaria a conectar também universidades e centros de pesquisas pelo mundo.

Em um destes centros, no CERN, na Suíça, o físico Tim Berners-Lee inventou a World Wide Web, a "teia do tamanho do mundo", conhecida pela sigla www, e para ela o primeiro navegador, que servia também como um editor de conteúdo.

O primeiro site, construído no mesmo CERN foi disponibilizado nesta rede em 6 de agosto de 1991, data que viria a ser reconhecida como o nascimento da internet. A partir de então, a rede passou a ser entrelaçada por dados, informações e conhecimentos produzidos no mundo todo, em diversos contextos. A World Wide Web, ou simplesmente web tomou tamanha dimensão que acabou tornando-se sinônimo de internet, embora tecnicamente não sejam a mesma coisa. A internet é a estrutura de rede, e a web é uma das formas de compartilhamento de informação construída sobre a internet.
A internet conseguiu arrebatar 50 milhões de usuários em seus quatro primeiros anos (W3C, 2008), superando a expansão de outras tecnologias que levaram décadas para ter seu uso disseminado na sociedade.
Uma das inovações técnicas proporcionadas pela internet é a blogosfera, que vem se expandindo de forma vertiginosa desde 1999. O blog é uma ferramenta tecnológica que permite ao usuário publicar conteúdos em uma página pessoal e interagir com outros usuários. Embora não seja possível apontar o número exato de blogs existentes em todo o mundo, estima-se que este número ultrapassou a casa de 180 milhões de blogs ao final de 2011, de acordo com dados da NM Incite (NIELSEN, 2012).
No âmbito do ensino brasileiro, há grande incentivo governamental para a expansão das pesquisas sobre a ciência da web. Em dezembro de 2008, o CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) aprovou a criação do INCT (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia) em Ciência da Web, com sede no Programa de Engenharia de Sistemas e Computação COPPE/UFRJ, que abrange várias instituições. O programa de pesquisa do Instituto está organizado em cinco camadas: Pessoas e Sociedade; Tecnologias de Software para Aplicações na Web; Gerenciamento de Dados da Web; Infraestrutura da Web; Fundamentos da Ciência da Web. Neste cenário, o Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet, pretende proporcionar aos alunos uma vantagem competitiva no âmbito profissional, propondo um curso de curta duração, com conteúdo técnico e teórico específico. Visa formar um profissional da área de computação, com um viés de conhecimento tecnológico bem especializado nas necessidades do mercado que caminha em direção à “nuvem” (RAMIREZ, 2013) e tende, assim, a apresentar cada vez mais soluções tecnológicas disponibilizadas por meio da plataforma web.

5 períodos / 2 anos e meio
Tecnólogo
R$ 443,43
Noturno

Escolha a unidade mais próxima de você

Mercado de Trabalho

Este profissional pode atuar em empresas dos mais diferentes setores da economia, de pequeno, médio e grande porte, e que utilizem ou desenvolvam projetos interativos para web e para tecnologias móveis. Poderá ainda prestar serviços para profissionais autônomos, empresas de comunicação ou tecnologia, dentre outros.

Ao longo do curso desenvolverá as seguintes competências:
- Conceber e planejar aplicações web, empregando os conceitos de acessibilidade, usabilidade e interatividade, utilizando-se das linguagens e ferramentas próprias de desenvolvimento para o meio, com ênfase nas normas e padrões específicos da área (Web Standards), tendo como propósito sua correta implementação que assegure um sistema eficaz e eficiente para seus usuários.
- Criar e configurar bancos de dados que alimentem aplicações web com informações dinâmicas, empregando conceitos de modelagem e ferramentas compatíveis com o tipo de solução proposta.
- Desenvolver todas as camadas de um sistema web, utilizando de forma consistente as linguagens de marcação, de apresentação e de conteúdo dinâmico, integradas com ferramentas, tecnologias e linguagens de programação comuns no mercado (abertas e/ou proprietárias), para criar um produto final de elevada qualidade técnica e focado no usuário.
- Idealizar e conceber modelos de negócio e soluções, na área de comércio virtual, por meio da utilização de tecnologias de mobilidade e recursos distribuídos, desenvolvendo componentes e/ou serviços para internet, em que sejam considerados aspectos de usabilidade e acessibilidade.
- Desenvolver sistemas para internet, garantindo seu uso com segurança e confiabilidade, efetuando os mais diversos tipos de testes em uma aplicação, propondo soluções de otimização de desempenho de um sistema.

Mais informações

Duração

5 períodos / 2 anos e meio

Investimento/Mês

R$ 443,43

Modalidade

Tecnólogo

Turno

Noturno

ANDRE LUCIANO DE CARVALHODOUTOR
ALEX VITORINOESPECIALISTA
DANIELLA INACIO DE BARROSMESTRE
FRANCESCO BRUNO DA SILVAESPECIALISTA
JEAN CARLO MENDESMESTRE
RICARDO MARQUES NICOLAUMESTRE

A UNIPAC para você